Referência: Portal Administradores

Segundo uma pesquisa da Conecta/Ibope, realizada em dezembro de 2015, o “mensageiro instantâneo” WhatsApp já conta com mais de 1 bilhão de usuários, sendo 100 milhões deles apenas no Brasil – o segundo país do mundo em número de clientes do aplicativo. Ao todo, os usuários dedicam pelo menos 84 minutos por dia ao app, sendo 77% do acesso feito em casa ou no trabalho. Na pesquisa do Ibope, o WhatsApp apareceu com 93% de relevância, ultrapassando plataformas mais antigas, como o Facebook (79%), o YouTube (60%) e o Instagram (37%).

Além disso, o WhatsApp foi considerado mais importante do que apps utilizados em áreas educacionais, empresariais e de entretenimento, como Google, Gmail, Snapchat e todos os aplicativos de bancos que funcionam no Brasil. Com isso, o app passou a ser utilizado por diversas empresas como uma ferramenta de contato com o cliente, seja na venda ou no atendimento.

Pioneira no ramo, a WhatsDay, desde 2014, desenvolve soluções empresariais através do aplicativo. Ela trata do gerenciamento da informação, organizando e sistematizando a comunicação entre empresas e seus diversos públicos. “Com ferramentas exclusivas e um banco de dados de mais de 200 milhões de números móveis atualizados, a WhatsDay é considerada a maior empresa do Brasil em comunicação via Whatsapp”, revela Ricardo Barbosa, Coordenador Nacional da WhatsDay.

Abaixo você confere uma lista com dez motivos para utilizar o WhatsApp em seus negócios, elaborada pelo portal Administradores em parceria com o WhatsDay:

1) Prospecção

O número do celular de um usuário não é algo impossível de se descobrir. Diversas empresas pedem o contato em cadastros e outras solicitam o número em serviços específicos, como, por exemplo, para conectar ao Wi-fi de um determinado local. Com isso, empresas podem aproveitar a informação e oferecer serviços ou produtos conforme a localização e o interesse específico daquele cliente. Em um festival, por exemplo, clientes podem receber alertas e promoções específicas em seus celulares durante a realização do espetáculo.

“No Whatsapp é possível trabalhar exclusivamente com seu público-alvo primário, reduzindo o investimento e otimizando os resultados. Para segmentar seu público-alvo primário você precisa saber se quem compra mais são homens ou mulheres, estreitar o máximo a faixa etária consumidora, definir estado civil, se são pessoas com ou sem filhos, localização e renda individual ou familiar. Esse conjunto de informação é vital para o sucesso da sua campanha. Hoje é possível também filtrar empresas por CNAE, porte e faturamento e até mesmo pessoas por profissão”.

2) Fidelização

Caso o cliente seja conquistado e seu contato armazenado na plataforma, é possível programar uma série de benefícios no intuito de fidelizá-lo. Por exemplo: se o seu cliente compra uma TV, a empresa pode oferecer um sistema de som ou de antenas através do WhatsApp, ao mesmo tempo que felicita o comprador pelo produto adquirido.

“Além de ações promocionais e de vendas, gerar conteúdo pertinente é fundamental para manter o cliente engajado e compartilhando informações. Deixe de lado produções e criações rebuscadas, pegue o celular, faça você mesmo um vídeo com dicas e curiosidades sobre sua empresa, produtos e serviços, coisas que não estão nos vídeos institucionais, materiais impressos e online, aquilo que o torna diferente dos concorrentes. Essa é a magia do WhatsApp”.

3) Relacionamento

Pelo WhatsApp é possível montar toda uma rede de suporte ao cliente, seja no pré, durante ou no pós-venda, construindo assim um relacionamento com toda a comodidade do app mais utilizado pelos brasileiros.

4) Geração de vendas

Entre outras coisas, o WhatsApp permite a filtragem de pessoas por interesses, sexo, idade e localização, identificando grupos de interesse e investindo em campanhas e descontos específicos para possíveis compradores. Essas são apenas algumas das várias possibilidades que o app permite aos seus administradores.

5) Marketing

A ferramenta é uma ótima opção para quem quer lançar algum produto e não tem verba para comerciais na TV, por exemplo. Por ser bastante popular, um simples link ou imagem espalhada pelo WhatsApp pode ter um alcance muito superior que os modelos tradicionais de marketing.

6) Relatório mensal

Algumas ferramentas oferecem recursos como a entrega de relatórios mensais sobre os usuários e as mensagens enviadas. Na WhatsDay, por exemplo, o contratante recebe um relatório completo com a lista de celulares que receberam a mensagem programada, além das respostas enviadas pelos clientes, o horário e o tipo de público. O recurso melhora a percepção da empresa sobre o seu público e mostra a efetividade do serviço de acordo com a proposta.

7) Sorteios

É comum vermos sorteios no Facebook ou no Instagram. Agora também é possível dentro do WhatsApp, através do número de usuário cadastrado, gerando expressiva lembrança de marca.

8) Pesquisas de satisfação

Através do WhatsApp é possível consultar a satisfação dos clientes sobre o produto ou serviço disponibilizado através de links externos, acessíveis por meio da plataforma. Com isso, empresas podem evitar que e-mails de pesquisas de satisfação sejam jogados na caixa de spam de seus usuários. Além disso, é possível agradecer ao cliente e conquistá-lo com pequenas ações dentro da plataforma.

9) Atendimento ao consumidor

Com o WhatsApp você alcança as pessoas onde quer que elas estejam: na correria do trabalho, durante as refeições, no trânsito, qualquer hora do dia ou da noite. Com isso, o atendimento ao consumidor não fica limitado ao pouco tempo livre que ele possa ter, já que a troca de informações pelo app pode ser feita com facilidade e rapidez. Além disso, o atendimento por telefone evita um problema típico enfrentado nos SACs: o tempo perdido pendurado em linhas telefônicas convencionais.

10) Flexibilidade na comunicação

O WhatsApp permite o envio de mensagens de texto, imagem, áudio, vídeo, gifs animados e arquivos de leitura como PDF. Isso facilita a interação e a troca de informações entre cliente e empresa. Em alguns momentos, o envio de áudios pode gerar uma confiança extra para clientes inseguros e em dúvida, flexibilizando o atendimento.

“Além dos segmentos tradicionais como hotéis, shoppings, parques temáticos e empresas de varejo, hoje já existem cases até de empresas de cobrança. Se você tem uma vantagem ou oportunidade para seu cliente, o único meio com 100% de garantia de leitura é o WhatsApp”, finaliza o Coordenador Nacional do WhatsDay, Ricardo Barbosa.

Notícia disponível em https://goo.gl/U6bg1m